Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Governo do Ceará inicia preparação ambiental e técnica para refinaria do Pecém

JORNAL O POVO, FORTALEZA, 09/08/2017.

Governo do Ceará afirmou que já deu início as análises ambientais e técnicas para o projeto da refinaria do Porto do Pecém. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 9, em entrevista a O POVO, pelo assessor de Assuntos Internacionais do Governo do Estado do Ceará, Antonio Balhmann. Para iniciar a construção do equipamento falta apenas fechar o acordo de financiamento do projeto.

Em parceria com os chineses, o projeto da refinaria ainda aguarda a conclusão do repasse de recursos, que podem ser concedidos pelo Fundo de Cooperação Brasil-China, através do Fundo de Cooperação Chinês para Investimento na América Latina (Claifund). Os recursos do fundo latino americano viabilizarão o financiamento de até US$ 20 bilhões em projetos de investimento exclusivamente no Brasil, que sejam considerados de interesse comum dos dois países. Nesta parceria, a China entra com 70% do valor e o Brasil com os 30% restantes. "No entanto, caso o financiamento não seja aprovado, ainda há a possibilidade dos recursos serem liberados por meio de uma parceria de um banco chinês com outro banco internacional", destacou Balhmann.

Em entrevista em janeiro deste ano, o assessor do governo estadual havia dito que a implantação do equipamento teria início no começo de 2018. No entanto, na época, a expectativa era que o fundo de 20 bilhões de dólares começasse a operar em março deste ano, mas o Claifund iniciou sua operação em junho passado. "Toda a engenharia financeira para a construção da refinaria começou só a partir de junho. Esse fundo latino americano é esperado há dois anos", afirma.

A refinaria é projetada para se instalar na Zona Processamento de Exportações (ZPE), no Pecém.