Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

ZPE Ceará: licitação atrai 36 empresas

DIÁRIO DO NORDESTE, FORTALEZA, 14/07/2017. 

Lançado pelo governo estadual no último mês de maio, o edital de licitação que prevê a construção de cerca e via de serviço no Setor II da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) Ceará despertou o interesse de 36 empresas. Deste total, 34 foram habilitadas e duas inabilitadas para participar da concorrência pública, do tipo menor preço.

O valor estimado pelo governo para a construção das instalações é de R$ 1.341.950,96. O recurso virá da própria ZPE. A empresa vencedora deverá terminar a obra em até quatro meses, prazo contado a partir da assinatura do contrato.

Em breve, a empresa vencedora será anunciada, em data a ser definida pelo governo, durante sessão pública que ocorrerá no Centro Administrativo Bárbara de Alencar, no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza. A expectativa inicial era que o vencedor do certame fosse conhecido no último dia 31 de maio.

Segundo o Governo do Estado, a cerca e a via de serviço do Setor II da ZPE, que possui área de 1.911,04 hectares, têm o objetivo de delimitar a nova área e garantir a segurança pessoal e patrimonial das futuras empresas, evitando invasões de pessoas, veículos não autorizados e animais. Conforme o Diário do Nordeste divulgou na edição do último dia 18 de maio, uma empresa do Grupo Imarf deverá ser a primeira a se instalar no Setor II Sul da ZPE. O investimento previsto para o empreendimento é de cerca de R$ 20 milhões.

Localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), entre os municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, a ZPE foi criada em junho de 2010 e inaugurada em agosto de 2013, sendo a primeira do Brasil a entrar em operação.

A expansão da área do empreendimento foi assinada pela ex-presidente Dilma Rousseff em maio de 2016. Com a decisão, a Zona de Processamento de Exportação passou de 4.271,4 para 6.182,4 hectares, incorporando espaço de 1.911,04 hectares. Integram a ZPE Ceará as seguintes empresas: Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Vale Pecém, White Martins e Phoenix do Brasil.