Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Governo lança edital de R$ 1,3 mi para cercar ZPE de Pecém

DIÁRIO DO NORDESTE, 18/05/2017.

Raone Saraiva

De olho na instalação da primeira empresa na nova área da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) Ceará, o governo estadual lançou edital a fim de contratar serviço de engenharia para a construção de cerca e via de serviço no Setor II do empreendimento, cujo espaço total é de 1.911,04 hectares.

O valor estimado pelo governo para a construção das instalações é de R$ 1.341.950,96. O recurso virá da própria ZPE. A empresa vencedora deverá terminar a obra em até quatro meses, prazo contado a partir da assinatura do contrato. Os envelopes do certame, do tipo menor preço, serão abertos em sessão pública marcada para o próximo dia 31 de maio, às 15 horas, no Centro Administrativo Bárbara de Alencar, no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

Podem participar da concorrência qualquer empresário individual ou sociedade regularmente estabelecida no País, desde que os interessados sejam especializados no segmento do objeto licitado e que atendam às exigências do edital.

De acordo com o Governo do Estado, a cerca e a via de serviço do Setor II da ZPE têm o objetivo de delimitar a nova área e garantir a segurança pessoal e patrimonial das futuras empresas, evitando invasões de pessoas, veículos não autorizados e animais.

Conforme o Diário do Nordeste divulgou na edição de ontem (16), uma empresa do Grupo Imarf deverá ser a primeira a se instalar no Setor II Sul da ZPE, destinado a indústrias dos setores calçadista, têxtil, petroquímico, metalmecânico, agroindustrial, granito e alimentos. Já o Setor II Norte foi pensado para a construção de uma refinaria compacta e moderna.

A expectativa do governo é que o anúncio oficial da empresa de rochas ornamentais, já constituída na Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec), seja feito até o fim deste mês. Com investimento estimado em cerca de R$ 20 milhões, a fábrica deverá começar a produzir e exportar até o fim deste ano. O financiamento para a construção da planta, que terá cinco hectares (50 mil metros quadrados), está em fase de aprovação.

O governo prevê constituir mais quatro empresas do setor de rochas ornamentais até o próximo mês de dezembro.

Localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), entre os municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, a ZPE foi criada em junho de 2010 e inaugurada em agosto de 2013, sendo a primeira do Brasil a entrar em operação.

A expansão da área do empreendimento foi assinada pela ex-presidente Dilma Rousseff em maio de 2016. Com a decisão, a ZPE passou de 4.271,4 para 6.182,4 hectares, incorporando espaço de 1.911,04 hectares. Atualmente, integram a ZPE Ceará as seguintes empresas: Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Vale Pecém, White Martins e Phoenix do Brasil.