Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Conselho das ZPEs discute atração de investimento para Bataguassu-MS

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO MDIC, 17/04/2017.

Na quinta-feira (12), a secretária-executiva do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE), Thaise Dutra, participou de uma reunião, em Campo Grande (MS), para debater estratégias de atração de investimento para a ZPE de Bataguassu (MS). Estiveram presentes no encontro o Secretário de Meio-Ambiente e Desenvolvimento Econômico do Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck; o Prefeito do Município de Bataguassu, Pedro Caravina; e representantes da EGEZPE, empresa administradora da ZPE.

Na reunião, Dutra destacou que a Zona de Bataguassu poderá alavancar o processamento e exportação de cadeias produtivas do agronegócio sul-mato-grossense, como soja, celulose e madeiras, gerando emprego, renda e desenvolvimento produtivo no Estado. Ela também ressaltou aos participantes as potencialidades do regime brasileiro de ZPE para atração de investimentos para o Brasil.

Para a secretária-executiva do CZPE, é importante que os governos estadual e municipal e a empresa administradora da ZPE façam um mapeamento dos principais setores produtivos já existentes no Estado que podem, potencialmente, implantar projetos industriais na Zona de Bataguassu. É necessário ainda que todos estejam envolvidos na divulgação das oportunidades de investimento em uma Zona de Processamento de Exportação.

Em sua fala, o Secretário Jaime Verruck reconheceu a importância da ZPE de Bataguassu para o desenvolvimento do Mato Grosso do Sul. Ele destacou o apoio dado pelo governo estadual no processo de implantação do empreendimento e divulgação junto aos investidores.

Caravina e Germano Augusto, diretor-presidente da administradora da ZPE, detalharam a agenda de implantação da Zona de Bataguassu. A expectativa é que, quando entrar em operação, a ZPE colabore para a geração de renda e postos de trabalho no Mato Grosso do Sul, como vem ocorrendo na ZPE do Ceará, onde já foram gerados mais de 16 mil empregos diretos e indiretos.

Ao final da reunião, os participantes concordaram em aprofundar a coordenação de iniciativas conjuntas para atrair investimentos produtivos à ZPE sul-mato-grossense.

Instituída em 2010, a ZPE de Bataguassu possui uma área total de 200 hectares. Em novembro de 2011, a empresa administradora da ZPE, EGEZPE, comprovou o início de obras da etapa inicial do empreendimento.